17 maio 2006

hoje cantam

entrementes endogámicos corcovam o lombo de olhar o umbigo próprio todo o tempo, eu, se calhar, espalho pelo mundo adiante.

Sem comentários:

Enviar um comentário