20 agosto 2006

vinhetas

autografo
eu não conhecia, mas gostei de pílulas azuis, e aproveitei que acompanhava a minha cicerone nuala à sessão de assinaturas do muito amável frederik peeters, para esmolar uma eu também. conheci e gozei da companhia de nadie e da sua família, e da rita, e passou também a terremoto. topei lá ao ghanito, e já pela noite à arduina, que perdera uma chapa de não lembro qual personagem de desenhos animados (eu comprei uma de bruce lee para o pertierri). e trouxe duas garrafas de licor da casa das tortillas (uma para minha casa e outra para a marcela).

6 comentários:

  1. A miña chapa de Doraemon... era nova.
    Iso que fas sí que é vida blogosocial.

    ResponderEliminar
  2. gustame moito o debuxo que te fixo Peeters. Arrepintome de non ter mercado pildoras azules e coller a sinatura, porque sei que acaberei por mercalo.
    ¿Non podían ir vindo ós poucos, para racionar o gasto? :D

    ResponderEliminar
  3. Eu non, pero o que eu diga vai a misa, Uxío. :p

    Ei ghanito, e porque non sabes a que me fixo a mín, que é macanuda. :D

    Aquí o míster é humilde, pero eu levei ademais das firmas de Peeters e Jessica Abel, unha firma fabulosa. ;)

    ResponderEliminar
  4. gracias por todo, amigo. nos encantó conocerte. y estoy seguro que nos volveremos a ver, por aqui o por alli.
    hasta ahora.

    ResponderEliminar
  5. homedareia22/8/06 23:53

    arduina, foi case todo casual eu son pouco social.
    ghanito, hai que ir cos libros mercados antes, ao longo do ano, para notar menos os gastos; e o peeters curraba muito os debuxos (pero a tesoira e o peite, xa estaban no pílulas :P) e era moi amábel, pasou por alí a cati, e certamente tiña uns ollos igual de rechamantes que nos deseños.
    nuala, ti non o qué?
    nadie, es recíproco :)

    ResponderEliminar
  6. Eu non vou a misa (pero o que eu diga sí)...

    (o meu galego de merda, que non se entende un carallo :D)

    ResponderEliminar