13 maio 2008

silêncios carregados de ouveios

o olhar do mandril
quando um cala não sempre é por não ter que dizer; agora sou radioceánico, estou a trabalhar a réu no choio, ando a pensar en mudanças, botei uma mão no falangulho do proxecto identidade, preparei a minha galeria de imagens para o encete da nova web da agpi... e mais estive rascunhando focinhos que cedo hão ouvear na rede para disfrute vosso.
e tudo o que ainda ficar por fazer...

4 comentários:

  1. Xa motaba eu a falla de posteos pero supuña que era por ter muito que facer fóra do blogo.
    Alédame lembrarche cousas da infancia.
    Un saúdo.

    ResponderEliminar
  2. Outro saúdo para você, paideleo ;)

    ResponderEliminar
  3. Moito traballa vostede!! Iso sempre é bo sinal. Saúde!

    ResponderEliminar
  4. bom sinal... mas não para a saúde.
    Saúde cleo!

    ResponderEliminar